Back

Toalhas e guardanapos

É quase impossível pensar-se numa mesa de refeições sem se pensar em guardanapos. A origem deste simples mas útil utensílio é um pouco desconhecida, atribuindo-se a sua invenção aos europeus durante a idade média, embora existam também registos de terem sido utilizados na Grécia antiga e na China. O seu nome deriva das palavras francesas garde-n...

É quase impossível pensar-se numa mesa de refeições sem se pensar em guardanapos. A origem deste simples mas útil utensílio é um pouco desconhecida, atribuindo-se a sua invenção aos europeus durante a idade média, embora existam também registos de terem sido utilizados na Grécia antiga e na China. O seu nome deriva das palavras francesas garde-nappe (protege toalha) e tal como o nome indica, teve como primeira função proteger as toalhas de linho da mesa de jantar impedindo-as de ficarem imundas após uma refeição, já que nesta altura a única opção era limpar as mãos a tudo o que estivesse disponível nas proximidades. Os primeiros a aparecerem foram os guardanapos de pano, material de que ainda utilizado hoje hoje, mas atualmente os mais usados são os guardanapos de papel, uma vez que este material permite não só uma produção mais económica, mas também a produção de diferentes tamanhos e a colocação de cores ou temas, como acontece com os guardanapos de natal. Este elemento decorativo e necessário em qualquer tem uma função tão importante numa refeição como a loiça que está na mesa. A sua utilização é tão diversificada que podem inclusivamente ser usados no artesanato, como os guardanapos para decoupage.

9 productos.

Já visualizou produtos 9 de 9

É quase impossível pensar-se numa mesa de refeições sem se pensar em guardanapos. A origem deste simples mas útil utensílio é um pouco desconhecida, atribuindo-se a sua invenção aos europeus durante a idade média, embora existam também registos de terem sido utilizados na Grécia antiga e na China. O seu nome deriva das palavras francesas garde-nappe (protege toalha) e tal como o nome indica, teve como primeira função proteger as toalhas de linho da mesa de jantar impedindo-as de ficarem imundas após uma refeição, já que nesta altura a única opção era limpar as mãos a tudo o que estivesse disponível nas proximidades. Os primeiros a aparecerem foram os guardanapos de pano, material de que ainda utilizado hoje hoje, mas atualmente os mais usados são os guardanapos de papel, uma vez que este material permite não só uma produção mais económica, mas também a produção de diferentes tamanhos e a colocação de cores ou temas, como acontece com os guardanapos de natal. Este elemento decorativo e necessário em qualquer tem uma função tão importante numa refeição como a loiça que está na mesa. A sua utilização é tão diversificada que podem inclusivamente ser usados no artesanato, como os guardanapos para decoupage.

Filtros (0 Filtros aplicados)